World Anthology of Border Poetry: Blurred Political (Canadá)

Acaba de sair a “World Anthology of Border Poetry: Blurred Political (Canadá)” que inclui uma tradução inglesa de um poema da minha autoria. O poema intitula-se “É a noite doutor, é a noite que dói” e faz parte do livro “Mecanismo de Emergência”. A antologia inclui 30 poetas de diversos países e está associada à…

Escrever o cansaço incansável: Žižek Vai ao Ginásio | por Carla Carbatti

Como escrever quando as palavras, o pensamento, o silêncio, as mãos estão cansadas? O que escrever com as palavras, o pensamento, o silêncio e as mãos cansadas? Cansaço, eis um conceito, ou melhor, um percepto (o pensar mediante percepções e sensações próprio das artes, segundo Deleuze e Guattari) incontornável para acompanhar ao Žižek Vai ao Ginásio de Tiago Alves…

Desapareceu

Foi numa das ruas do silencioso centro da cidade, na parede que alinhava o meu caminho, que a palavra apareceu pela primeira vez: DESAPARECEU. Naquele preciso momento ia com a humanidade na cabeça e na trágica comédia em que a mesma se tinha tornado, e não me detive mais que uns fugidios segundos, um mero…

Iniciação ao Grito

Procura um sítio elevado, onde te possam ouvir bem, depois perscruta-o desesperadamente dentro de ti. Logo a seguir, uma pessoa a quem o possas dedicar. Sim, agora abre bem essa boca. Espera: o MEDO. Embora te possa parecer fácil encontrá-lo, só depois desse exercício inicial o grito poderá subir em ti, hiante e pletórico. Abre…

Žižek Vai ao Ginásio – Edição no Brasil

“Žižek Vai ao Ginásio é um livro de poemas, e uma experiência, e também um maquinário. Percorrendo certa tradição do lirismo, mas valendo-se também do poema como matéria física, em que conta a sua disposição desenhada na página como possível chave de leitura, Tiago Alves Costa constrói uma obra que consegue se aproximar do nosso zeitgeist. Menção…

Apresentação de Žižek vai ao Ginásio no Instituto Camões de Vigo

Na próxima quinta-feira, dia 17 de setembro, às 19h30, terá lugar no Instituto Camões de Vigo a apresentação do meu último livro “ŽÍŽEK VAI AO GINÁSIO” . Estarei acompanhado pelo cineasta galego, Roi Fernandez, que produziu o filme-poema “Os Americanos” para esta obra.

Filipe Campos Melo sobre “Žižek vai ao Ginásio”

“Antes de me conhecerem, devem primeiro conhecer as minhas palavras” I. Da Arquitetura Oblíqua Uma “Pessoa-Estátua” observa a realidade estática de um mundo decaído num desconcerto –uma ética (inumana) alicerçada numa arquitetura oblíqua Esse “Eu-Estátua” – meramente contemplativo, é um ser desprovido da força necessária,necessariamente morrente “de pasmo” A imobilidade gera um aglomerado de gente…

9º edição do Raias Poéticas | Online

Terei honra de moderar a mesa 2 da 9º edição do Raias Poéticas online: Dobra de pensamento: A LITERATURA ACONTECE EM RECOMEÇO ININTERRUPTO Tiago Alves Costa (poeta, ensaísta e tradutor, Corunha)José Emílio-Nelson (poeta ensaísta, Portugal)Carla Carbatti (poeta, ensaísta, Brasil)Victor Oliveira Mateus (poeta, ensaísta, Portugal)Jorge Velhote (poeta, fotógrafo, ensaísta, Portugal) Podem acompanhar através da mallarmargens revista de…